Ronaldo bate Djalminha graças a Jorge Andrade

Avenida Brasil 11-05-2019 08:57
Por Redação

É Djalminha quem conta, na primeira pessoa, em conversa no programa Fala Muito!, do canal brasileiro SporTV: antes de um Corunha-Real Madrid, o médio dos galegos encontrou-se com o compatriota Ronaldo fenómeno e decidiu fazer uma aposta a dinheiro - ele não diz quanto - sobre quem faria mais canetas (túneis, em Portugal) no jogo. Habilidoso, Djalminha conseguiu fazer uma mas o fenómeno virou o duelo pessoal com o amigo ao meter duas bolas entre as pernas de... Jorge Andrade. «Era um defesa português nosso, um defesa fera de mais, mas nesse dia ele me complicou», resume, rindo, o hoje comentarista.


Em nome do pai, do filho e do VAR


É a principal mudança no futebol de hoje: o VAR. Em época de estreia no Brasil, já motivou elogios e queixas, já corrigiu e cometeu erros, já foi rápido e preciso mas também lento e omisso. Por isso, os árbitros temem-no. Por outro lado, sendo o Brasil o país com mais católicos e espíritas do mundo e o segundo com mais protestantes, naturalmente reza-se muito por aqui. Some-se VAR e Deus e temos a cena insólita de antes do São Paulo-Fla. O juiz Ricardo Ribeiro, de olhos fechados, a orar para o ecrã antes da bola rolar. Não resultou a 100%: houve controvérsia com um penálti recusado ao tricolor. 

Bancadas quentes em jogo morno


Com Série A, Série B e Série C em ação, à Série D ninguém liga nenhuma, é claro. Ainda para mais a um jogo entre o River, do Piauí, e o Bragantino, do Pará, numa primeira fase da prova em que nada se decide. E, no entanto, foi uma fotografia desse encontro, ou melhor, da torcida nesse encontro no Estádio Albertão que mais sucesso fez na internet ao longo dos dias seguintes à jornada do último fim de semana. Dado o calor infernal, os adeptos sentaram-se todos em diagonal. Porquê? Para aproveitar a sombrinha dos holofotes do estádio. Otacílio fez o único golo, para o River, num jogo morno.   
 

Ler Mais
Comentários (0)

Últimas Notícias