Dragões atacam Carlos Vinícius

FC Porto 08-11-2018 11:46
Por António Casanova

Resumindo unicamente a campanha do FC Porto ao registo goleador da equipa (17 jogos, 43 golos) poderá até parecer estranho que Sérgio Conceição tenha solicitado à SAD a contratação de pelo menos mais um avançado para janeiro. De preferência, Carlos Vinícius, o brasileiro que o Nápoles contratou, ainda com a campanha 2017/2018 a decorrer, ao Real Massamá, então na Liga 2, e depois emprestou ao Rio Ave, em agosto.

Sem poder contar com Aboubakar, invoca o treinador dos dragões, será arriscado confiar somente em Marega e Soares ou, em circunstâncias especiais, em Adrián e André Pereira para assumirem as despesas atacantes, isto com o final da temporada tão longínquo e atendendo à dimensão dos objetivos que há para cumprir: garantir o bicampeonato, confirmar a passagem aos oitavos de final da Champions, conquistar Taça de Portugal e Taça da Liga.

Sérgio Conceição considera o goleador do Rio Ave (oito jogos, oito golos) excelente opção para atacar a segunda metade da temporada e a SAD já validou a escolha.

Uma eventual transferência ficará sempre dependente do acordo com o Nápoles, clube com o qual o brasileiro tem contrato até 2022 e que o cedeu ao emblema vila-condense, tendo os italianos reservado o direito de poderem antecipar o final do empréstimo.

A perspetiva da administração azul e branca é assegurar um empréstimo de seis meses e garantir a opção de compra do passe.

Ler Mais
Comentários (7)

Últimas Notícias