Depressão ameaçou carreira de Ederson

Manchester City 12-01-2019 13:18
Por Redação

Tido por muitos como um dos melhores guarda-redes da atualidade, Ederson Moraes esteve em vias de abandonar o futebol de forma precoce. Tinha apenas 15 anos quando, depois de ser dispensado da academia do São Paulo, mergulhou numa depressão profunda que o levou a ponderar o adeus aos relvados.

«Foi uma situação difícil. Tinha apenas 15 anos e passei por momentos muito duros, estive um mês deprimido e pensei em desistir do futebol. Felizmente, os meus pais apoiaram-me sempre e encorajaram-me a voltar a jogar», relatou o guardião brasileiro, citado pela edição on-line do jornal Express.

Em Inglaterra, onde é dono da baliza do Manchester City, Ederson continua a ter no compatriota Rogério Ceni, já retirado, uma fonte de inspiração.

«A paixão que tenho pela baliza fez-me seguir sempre a carreira do Rogério Ceni, ainda hoje vejo vídeos dele no YouTube em busca de inspiração», revelou.

Ler Mais
Comentários (19)

Últimas Notícias