Exposição na FPF em análise na ressaca do clássico no Dragão

Sporting 20-05-2019 09:12
Por Rui Baioneta

Foi ainda no parque de estacionamento no Estádio do Dragão que Frederico Varandas, presidente do Sporting, manifestou a sua preocupação com alguns lances ocorridos no jogo entre dragões e leões, da mesma forma que pediu um árbitro «com coragem» para a final da Taça de Portugal, que as duas equipas disputam no próximo sábado, pelas 17.15 horas, no Estádio Nacional. «Agora que a Liga terminou, gostava de apelar às instituições para não irem de férias, pois temos um jogo muito importante no próximo fim de semana, que é a final da Taça [...] Peço que apareça um árbitro com coragem», disse então, entre outras coisas, apresentando até um lado irónico nas suas declarações.


A BOLA sabe, pois, que os leões estão neste momento a ponderar apresentar uma exposição ao Conselho de Disciplina (CD) da FPF com alguns lances ocorridos no clássico de sábado à noite, com foco em algumas faltas cometidas por Felipe e Militão, ambos defesas dos portistas - a forma como Bruno Fernandes, Diaby e Acuña foram abordados em alguns lances também justificam o atento olhar dos leões.


Além disso, durante a confusão instalada após a expulsão de Corona, já perto do final do encontro, os leões analisam uma eventual agressão de Sérgio Conceição, treinador portista, a Renan, guarda-redes do Sporting, que a determinada altura, e no meio dos empurrões e troca de insultos, a ponto da Polícia de Segurança Pública ter de intervir, acabou estatelado no relvado.
Os leões decidem se avançam, ou não, com uma exposição para a CD da FPF, com queixa contra o FC Porto, ainda durante o dia de hoje, de forma a que este organismo possa analisar o documento na habitual reunião das terças-feiras e tomar as suas decisões, se for caso disso. 
 

Ler Mais
Comentários (70)

Últimas Notícias