Taarabt vai renovar

Benfica 20-05-2019 10:38
Por Redação

Acordo de cavalheiros entre Adel Taarabt e Benfica para a renovação de contrato. A ligação do médio marroquino aos encarnados acaba em 2020, mas há entendimento para prolongá-la por mais dois ou três anos, com revisão de salário, neste caso para baixá-lo, tendo em conta que Taarabt é um dos mais bem pagos.


A recuperação do internacional marroquino pela mão de Bruno Lage foi uma das maiores surpresas da época. Taarabt tinha caído em desgraça e Luís Filipe Vieira, presidente das águias, chegou mesmo a dizer que o médio não voltaria a vestir a camisola do Benfica, depois de sucessivos problemas disciplinares. Taarabt começou a época com a equipa B e com Bruno Lage. O treinador não quis saber do passado, tratou-o como outro jogador qualquer, puxou-o para a competição e acreditou. Mas, em primeiro lugar, foi Taarabt a acreditar que podia acreditar. E mudou o comportamento. Empenhou-se como nunca para provar que não estava acabado com apenas 29 anos. «Estou muito feliz por estar de volta. Tentei mostrar aos adeptos que sou um bom rapaz e quero dar o melhor no próximo ano. É uma promessa. Vou dar o melhor por este clube, que é um dos melhores da Europa.  Nunca trabalhei tanto para ter uma oportunidade. Quero agradecer a todos e especialmente ao treinador. Puxou por mim e foi fantástico. Nunca conseguirei agradecer-lhe o suficiente. Esta é um dos melhores momentos da minha vida», partilhou Taarabt durante os festejos da conquista do título de campeão nacional.


Contratado pelo Benfica depois de acabar contrato com o Queens Park Rangers, no verão de 2015, justificou elevado investimento. Desde logo pelo prémio de assinatura de €2,9 milhões. E, depois, pelo salário de €2,3 milhões brutos, um dos mais altos do plantel e ao qual se poderia juntar prémio de €232 mil por cada 15 jogos. Valores não justificados pelo médio marroquino, que já aceitou baixá-los.


Esta época, Taarabt esteve em sete jogos, seis na Liga (foi titular na vitória do Benfica em Santa Maria da Feira, por 4-1) e um na Taça de Portugal. Foi duas vezes suplente não utilizado. 
 

Ler Mais
Comentários (68)

Últimas Notícias