Ex-presidente do Flamengo acusado de homicídio

Brasil 11-06-2019 18:05
Por Redação

Eduardo Bandeira de Mello, ex-presidente do Flamengo, foi acusado esta terça-feira de homicídio. Em causa está a morte de 10 atletas da formação do Mengão durante um incêndio no Ninho do Urubu, em fevereiro.

Segundo a investigação da Polícia Civil do Rio de Janeiro, o fogo teve início num contentor improvisado que não cumpria as regras de segurança e por isso dificultou a fugra dos jovens. Os engenheiros da empresa NHJ, responsável pela obras, também poderão ser colocados em tribunal pela morte dos atletas.

Recorde-se que na madrugada do dia 8 de fevereiro, um incêndio deflagrou nos alojamentos improvisados do Ninho do Urubu. O fogo começou por volta das cinco da manhã e só foi controlado duas horas depois, resultando na morte de dez atletas com idades compreendidas entre os 14 e os 17 anos.

Ler Mais
Comentários (1)

Últimas Notícias