«Não trocaria uma história tão bonita no Benfica por nenhum clube»

Benfica 18-07-2019 17:25
Por Redação

O antigo avançado do Benfica, Jonas, que se retirou do futebol profissional no passado dia 10 de julho, deu uma curta entrevista ao Esporte Interativo, onde foi confrontado com uma série de questões sobre a carreira.

Veja abaixo algumas das respostas do brasileiro.

Mestre Jonas [alcunha que tinha no Brasil] ou Jonas Pistolas?

- Jonas Pistolas.

Melhor defesa que enfrentou?

- Sérgio Ramos, pela qualidade. Às vezes é um pouco violento em algumas jogadas, joga duro, mas é um grandíssimo defensor. Na época do Valencia quem levava mais a melhor? Ele, muito mais [risos].

Melhor dupla no ataque?

- Difícil...talvez o Soldado, do Valência. Tivemos uma sintonia muito boa não só em golos como em assistências. Tive outras duplas muito boas, mas apenas em golos.

Marcar um golo ao FC Porto ou contra o Internacional de Porto Alegre? 
- Os dois, é clássico, não dá para escolher.
 

Por quem faltou jogar no Brasil?
- Por ser corinthiano desde pequeno, talvez o Corinthians.
 

Equipa que faltou representar na Europa?
-Tive uma história tão bonita no Benfica, não trocaria por nenhum clube. Mas algum de Espanha ou em Inglaterra? Pronto, talvez Barcelona ou Real Madrid.
 

Jorge Jesus ou Renato Gaúcho?
«Não dá para escolher. Renato no Brasil, Jorge Jesus em Portugal.»
 

Jogar uma final da Champions ou jogar uma final da Libertadores?
- Champions.


Pontos corridos ou mata-mata?
- O mais justo é por pontos.


Um ídolo no futebol?
- Ronaldo, o Fenómeno.
 

Melhor amigo no futebol?
- Vou citar um que vai além da amizade, também relacionado com a família, que é o Luisão.»


Jonas com barba ou sem barba?
- Sem barba. Fico mais novo, com barba fico mais velho. Foi para mudar um pouco e a família gostou.
 

Benfica numa palavra?
- Amor.
 

Melhor jogador que já viu?
- Messi.
 

Jogar ao lado de Messi ou Ronaldo?
- Fico em cima do muro nessa. Gosto do Messi, mas admiro o Cristiano, pelo seu trabalho e também pela qualidade. Acho que podia jogar no meio dos dois [risos].
 

Título mais marcante?
- O meu primeiro título aqui no Benfica.
 

Golo mais bonito?
- Um remate fora da área ao Santos, outro que fiz aqui contra o Estoril, uma 'chapada' fora da área.
 

Jornal Mundo Deportivo numa palavra [que publicou um artigo há uns anos a considerar Jonas o pior avançado do mundo]?
- Respeito.
 

Companheiro mais divertido?
- Fábio Santos, no Grémio. Aqui há o André Almeida, o Pizzi, o Rafa... há vários…»
 

Se tivesse que escolher entre vestir a camisola do FC Porto ou do Internacional de Porto Alegre, qual seria?
- Difícil. Não dá para escolher.



Veja o vídeo:

Ler Mais
Comentários (40)

Últimas Notícias