Será este o melhor caminho para fazer de Vinícius Jr. um jogador a sério?

Opinião de José Manuel Delgado 27-08-2018 17:37
Por Redação

O Real Madrid pagou 45 milhões de euros ao Flamengo pelos direitos desportivos de Vinícius Jr., agora com 18 anos, que se converteu na segunda transação mais cara da história do futebol brasileiro, logo a seguir a Neymar Jr., do Santos para o Barcelona. Numa primeira fase, para não incumprir nenhum dos preceitos da FIFA que defendem os jogadores menores de idade, o jovem futebolista manteve-se na Gávea e acabou por disputar 65 jogos pelo rubro-negro, faturando 14 golos.

Mandaria o bom senso que Vinícius Jr. continuasse por terras brasileiras, até ter condições de se bater por um lugar no plantel do Real Madrid, tricampeão europeu de futebol. Porém, num contexto de adeus de Cristiano Ronaldo ao Bernabéu, pressionados pela necessidade de apresentar uma novidade, no «tour» de início de época, pelos Estados Unidos, os merengues decidiram chamar de imediato o prodígio brasileiro, ao arrepio do que ditaria a prudência, sabendo-se que a pressa nunca é boa   conselheira. Infelizmente, estão a confirmar-se os piores presságios e a história do norueguês Martin Odegaard, contratado ao Stromsgogset em 2014, parece em vias de repetição. Odegaard, que foi transformado no jogador mais jovem da história do Real Madrid a estrear-se em La Liga (16 anos e 157 dias), acabou por ser remetido à filial Castilla, de onde foi emprestado primeiro ao Heerenveen, da Holanda e esta época ao Vitesse, do mesmo país.

Vinícius Jr., 10 vezes internacional pelos sub-15 e 19 pelos sub-17, estreou-se no último fim-de-semana pelo Castilla, fazendo um jogo discreto, abrilhantado apenas por um ou outro pormenor. Nas notas do jornal Marca, de zero a três, mereceu um dois, havendo, na sua equipa, três jogadores com nota máxima.

Será este caminho, que muito rapidamente redundará em desmotivação, o melhor para Vinícius JR.? E será que é esta a forma do Real Madrid melhor defender e potenciar o investimento milionário de 45 milhões de euros feito num projeto de jogador?

A sensação que fica é que podemos estar a assistir ao «remake» brasileiro das desventuras de Odegaard…

Ler Mais
Comentários (2)

Últimas Notícias